Tiago Leifert fala sobre saída da Globo no ‘Mais Você’: ‘Nasci e cresci aqui’

Tiago Leifert e Ana Maria Braga | Foto: Divulgação / TV Globo

O apresentador Tiago Leifert tomou café da manhã com Ana Maria Braga no “Mais Você” desta sexta-feira. Na quinta, ele causou surpresa ao anunciar que só fica na Globo até dezembro. Tiago disse que essa sensação de querer sair da emissora para uma pausa o acompanha há muito tempo.

“Se for pegar a primeira vez que eu tive uma sensação dessa, foi há muito tempo. Eu tive a sensação e soterrei. Mas agora não. Eu acho que a minha história começa 20 anos atrás, quando eu me mudo para os Estados Unidos. A minha missão era trabalhar no Esporte na Globo. Meu pai estava aqui desde 1988. Ele se aposentou em 2017. Nasci e cresci aqui”.

O apresentador contou que apesar de todas as conquistas que teve em sua vida profissional, não se sentia realizado, já que se cobra muito e acreditava estar apenas cumprindo a sua obrigação. Seu objetivo sempre foi trabalhar na Globo. Para isso, ele foi para os Estados Unidos se preparar. “Eu vou lá, eu vou ser o melhor onde eu estiver. E eu cumpri minha promessa lá. Voltei bem. Fui trabalhar na TV Vanguarda, afiliada da Globo”, relembrou Tiago.
“Aqui, no Globo Esporte, eu acordava às 5h todos os dias, eu chegava antes de todo mundo, eu escrevia tudo, sabia tudo, via os jogos. Quando eu fui para o Entretenimento foi a mesma coisa. Na época do ‘The Voice’, eu não saía. Comecei a namorar minha mulher e avisei: ‘eu não saio’. Sempre trabalhando muito, sem férias. E aí teve um dia, que foi a minha grande epifania do ano passado, que eu cheguei em casa e minha esposa acordou e disse que o programa (BBB) foi maravilhoso. Ela perguntou ‘você não está feliz?’ e eu falei ‘não’. Não fiz mais que minha obrigação. Eu vou comemorar em maio, quando a gente entregar a temporada. Mas eu não comemorei em maio porque eu já estava preocupado com o próximo. Aí eu pensei: ‘mas quando eu vou comemorar a minha vitória?'”.
Tiago disse que se não saísse agora em dezembro, não sairia mais. “Meu contrato estava acabando. Aí era essa a escolha que eu tinha que fazer. Sair ou ficar mais quatro anos”, disse o apresentador. “No ano passado, quando eu falei isso foi um choque. A gente conversou e todo mundo entendeu. Conversei com a empresa, foram todos muito legais o tempo inteiro. Sou muito grato por tudo. A família Marinho, eles sabem tudo o que está acontecendo. No Esporte eu fiz a mesma coisa. Eu olhei e falei: ‘Ganhei. Missão cumprida'”.
Leifert contou como foi substituir Fausto Silva no “Domingão” depois da decisão de sair da Globo já tomada.
“Eu pensei: ‘ou eu continuo na Globo ou eu saio da Globo’. Não era Big Brother, não era The Voice. Era sair da Globo. Ainda no meio do caminho me aparece o Faustão. Foi tudo muito rápido, me ligaram e perguntaram onde eu estava. Eu estava em São Paulo. Me disseram que o Faustão tava doente e perguntaram se eu faria o programa. Eu topei. Pedi ajuda nas Videocassetadas. Topei e quando cheguei aqui a equipe estava um pouco assustada e disse que iria fazer exatamente igual. Eu me acho. Aí eu brinquei de Faustão e eu amei aquele domingo. Foi muito gostoso de fazer. Eu nem comemorei porque o Fausto estava doente”.
O apresentador revelou que foi durante a “Dança dos Famosos” que tomou a decisão definitiva de sair. “Durante a ‘Dança’ foi quando eu tive as conversas mais sérias com a Globo. Eu conversei com o Paulo Marinho e disse: ‘gente, é isso'”.
Leifert se emocionou na final da “Dança”, mas não se despediu do público oficialmente ainda por um motivo. “Eu já tinha decidido que não ia me despedir no ar porque eu já sabia que eu ia sair dali pro The Voice. Não estava no meu contrato. Meu contrato era o BBB 21 e depois a gente conversava de novo. Mas eu disse ‘olha, se vocês quiserem… eu também quero muito’. E eles disseram ‘claro que a gente quer’. Eu fiquei muito feliz porque eu gosto muito do The Voice, foi onde eu comecei no Entretenimento. Eu amo a equipe, me divirto muito”.
Planos para o futuro
“Eu sou muito ansioso. Eu vou fazer o ‘The Voice’, depois eu vou viajar um pouquinho. Aí eu vou precisar me entender, porque eu não sei como é a minha vida sem TV Globo. Minha filha está crescendo, eu quero ver ela dançar, festa junina. Vou me entender como eu estou e o que eu estou com vontade fazer. Se eu descobrir que eu ainda quero ficar mais um tempinho sem fazer nada, eu vou ficar”.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − sete =