Pocah revela ter sido vítima de violência doméstica ao comentar caso de DJ Ivis

Pocah revela ter sido vítima de violência doméstica

Pocah usou suas redes sociais para fazer um desabafo bastante pessoal. A cantora revelou, na última sexta-feira (16) que já foi vítima de violência doméstica e, ao abordar o assunto, aproveitou para se posicionar sobre o caso envolvendo o DJ Ivis. 

Tudo começou quando o humorista Tirulipa decidiu publicar um vídeo em que ele afirmou que o produtor, acusado de agredir sua esposa, deveria ser perdoado pelo que fez. “Deus vai tocar ele, esse cara vai voltar transformado um dia”, disse o comediante em um trecho.

Em seu Stories do Instagram, a funkeira compartilhou a publicação do perfil de fofoca ‘Cutucadas’ em que o site perguntava a opinião dos seguidores. Na legenda, a ex-BBB começou disparando: “Quem perdoa é Deus. Eu já perdoei agressor e o que eu recebi em troca? Mais porrada?”.

Em seguida, em uma série de publicações, ainda nos Stories, a musa escreveu seu depoimento. Nele, ela relatou alguns detalhes da violência doméstica que sofreu.

“Eu entendo o pensamento do Tirulipa porque eu também já pensei assim. Eu achava que iria transformar a pessoa que me agredia até porque meu agressor dizia que estava sendo usado pelo diabo e que não queria me agredir e me chutar numa escada quando eu estava grávida de sete meses ou quase me cegar do olho esquerdo. Eu achava que toda aquela humilhação era um testemunho para no futuro dizer ‘Deus mudou minha vida e restaurou a minha família’. Eu acreditava, juro!”, relatou.

Em outra publicação, a ex-sister continuou o depoimento e garantiu que não foi só com ela que o seu agressor foi violento. “Ele não parava. Fez com mulheres antes de mim, e outras depois de mim. Quando essa mudança vai ocorrer? Quando a pessoa quiser essa mudança verdadeiramente. Eu acredito sim que Deus transforma, mas bem longe de mim, sem ouvir falar ou consumir o trabalho dessa pessoa”, disse referindo-se ao comentário de Tirulipa.

“Todo mundo merece uma segunda chance, mas para mim, a chance de um agressor é ainda estar vivo e pagar pelo o que causou na mente e no corpo de uma mulher que nunca mais vai esquecer o pesadelo que é sofrer a violência doméstica”, disparou.

Ao concluir seu desabafo, a famosa demonstrou apoio a outras vítimas de situações como as quais ela viveu e muitas outras mulheres vivem. “Hoje eu agradeço a Deus pela transformação na minha vida, agradeço por estar vida e poder testemunhar que eu venci! Mas ainda dói muito pensar que, assim como eu, muitas mulheres já sofreram ou sofrem de violência doméstica”, escreveu.

“Denuncie, ligue 180, se for necessário exponha nas redes sociais, sim! Coloca no jornal! Faz um sinal de fogo! Mas não se acomode com essa vida! Se eu venci você também pode. Quem perdoa é Deus! E cadeia é pouco”, terminou.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =