Após ataques contra repórter, William Bonner manda recado para Jair Bolsonaro: “Não será com gritos que impedirá o trabalho” 

Durante o Jornal Nacional desta segunda-feira (21), o apresentador William Bonner mandou um recado de apoio para a jornalista Laurene Santos, da TV Vanguarda, afiliada da TV Globo, que foi insultada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante uma entrevista.

Ao receber uma pergunta da jornalista, Bolsonaro mandou a mulher “calar a boca” e criticou duramente o jornalismo da TV Globo com adjetivos como “lixo” e “porco”.

Ao vivo no JN, Bonner mandou um recado para o presidente afirmando que a equipe da Globo não será intimidada.

“Não será com gritos nem com intolerância que um presidente impedirá ou inibirá o trabalho da imprensa. Esta, ao contrário dele, seguirá cumprindo seu papel com serenidade. À Laurene Santos, a irrestrita solidariedade, da Globo e da TV Vanguarda“, afirmou ele. 

Veja:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dezesseis =