Após ser vacinado contra a Covid-19, William Bonner quebra protocolo do JN e incentiva: “Você deve tomar as duas doses da vacina.”

William Bonner tomou na última segunda-feira, dia 7, a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A novidade acabou fazendo com que o apresentador do Jornal Nacional quebrasse o protocolo do programa para falar diretamente com os telespectadores e mandar um recado sobre a vacinação.

William começou sua mensagem afirmando, animado, que tem um compromisso marcado para o final do mês de agosto: ele deve receber a segunda dose do imunizante. Além disso, ele comentou sobre a experiência e agradeceu aos profissionais de saúde que trabalha na campanha de imunização:

– Em relação a esse assunto [da vacinação], eu tenho que dizer que tenho um compromisso mais pro fim do mês de agosto. Eu vou tomar a segunda dose no mês de agosto. Eu não sei se você sabe, a Renata sabe, hoje eu fui vacinado, tomei a primeira dose da vacina. Foi uma experiência fantástica, porque o carinho das pessoas que aplicam essa vacina é imenso. A gente tem que ter um respeito, uma gratidão enorme por esses profissionais todos que estão envolvidos numa corrida, né? A gente demorou muito para começar a vacinar, e eles não têm culpa, eu já disse isso hoje. Mas agora está com eles essa responsabilidade enorme de serem eficientes e fazerem com que os brasileiros se protejam.

Renata, então, questionou o colega sobre a sensação de já ter recebido o imunizante, indagando que havia um sentimento de gratidão. O âncora confirmou:

– É de gratidão enorme e um desejo de que milhões de brasileiros, o mais rapidamente possível, tenham acesso à vacina.

Em seguida, Bonner decidiu incentivar os telespectadores a tomarem não apenas a primeira, mas também a segunda dose da vacina, destacando as instruções da medicina em relação ao assunto – e ainda aproveitou para cutucar a teoria da Terra plana

Confira o vídeo do momento:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 1 =