Henri Castelli chora com possibilidade de perder trabalho: ”Tenho risco de ter sequela”

Henri Castelli -Créditos: Reprodução/TV Globo

Henri Castelli não segurou o choro ao pensar na possibilidade de perder trabalhos por conta da agressão que sofreu na véspera do Ano Novo. Em entrevista ao ‘Fantástico’, no último domingo (18), o ator falou sobre o momento de violência e contou como tem lidado com todas as lembranças.

Eu tô fazendo terapia pra tentar me acalmar, porque [imagina] acordar de madrugada, você encosta no travesseiro, parece que alguém te deu um soco“, contou.

A agressão causou uma fratura na mandíbula do galã. Assim, o medo do ator é que seu rosto não volte a ser como antes e fique torto, prejudicando seu trabalho, já que ele usa sua imagem.

“Tem risco de ter sequela quando desinchar daqui a 30 dias. Quando eu penso nisso… Eu sou pai de dois filhos, sustento a minha mãe“, disse, aos prantos.

O CASO

Um dos suspeitos da agressão, Bernardo Malta, afirmou em seu depoimento que Castelli teria reclamado de uma festa e tentou lhe dar um soco. No entanto, o murro acabou pegando no lutador Guilherme Aciolly, que revidou. Duas testemunhas deram a mesma versão.

O ator garantiu que não estava bêbado e não se lembra do que aconteceu após receber os primeiros socos. O promotor Eduardo Falesi, por sua vez, que estava no local, afirmou que Henri apanhou de mais de uma pessoa, com chutes e socos na região da cabeça e da face.

Os responsáveis pelo local disseram que as câmeras de segurança estavam desativadas.

De acordo com o delegado Fabrício Nascimento, que investiga o caso, há dois suspeitos que serão indiciados por lesão corporal grave.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − dois =