Jornalista que ofendeu Felipe Neto se retrata e youtuber responde: “Não é o suficiente”

Na segunda (3) o jornalista Gustavo Victorino fez uma retratação ao vivo pela TV Pampa, afiliada da Rede TV no Rio Grande do Sul, após ter acusado Felipe Neto de “pedófilo” e “depravado” em outra transmissão na sexta (31).

“Quero fazer uma retratação pública aqui com o youtuber Felipe Neto, porque usei palavras fortes e estou fazendo esta retratação neste sentido. Muitos espectadores se incomodaram”, disse Gustavo Victoriano, “Ele, certamente, se incomodou, porque publicou que ia me processar, o que é um direito dele. Sou um democrata e sempre defendi o direito da opinião, da liberdade, mas entendo que ela tem limites. Talvez, pelas palavras fortes que utilizei, tenha extrapolado estes limites”

Felipe Neto logo se manifestou sobre a retratação pelo Twitter: “Recebemos o pedido de retratação, mas isso não é suficiente, nem de longe, para reparar os danos causados. Conforme o próprio jornalista falou: há limites na liberdade de expressão. Esses limites são definidos pela lei. Seguiremos com os processos contra ele e a emissora”. 

No Jornal Nacional

O influenciador Felipe Neto deu uma entrevista ao Jornal Nacionale contou que foi perseguido em casa por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Nos últimos meses, ele tem feito críticas à postura do governo durante a pandemia do coronavírus.

“Virem atrás de mim dentro da minha casa é um nível de perseguição que eu não imaginei que aconteceria. Sabe o vilão de novela, que você fala que não existiria na vida real? Ele existe, acontece e eu tô vendo na prática até onde elas podem ir”, declarou.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =