Idoso sofre ereção de quatro horas por conta do coronavírus

Um idoso, de 62 anos, que estava internado com coronavírus no Centro Hospitalar de Versailles, em Le Chesnay, França, teve um ereção de quatro horas por conta da doença. De acordo com os médicos, a Covid-19 tem causado coágulos nos pacientes, conforme detalharam na revista científica The American Journal of Emergency Medicine.

Segundo os especialistas, eles ainda estão confusos sobre o motivo dos pacientes com Covid-19 terem coágulos de sangue. Alguns dizem que o vírus está causando alguma alteração no sangue. Outros acreditam que a doença tem afetado o sistema imunológico, que forma coágulos, e eles passam por uma variedade de caminhos.

Conforme a médica Myriam Lamamri, que assina o documento, essa foi a primeira vez que uma trombose peniana foi diagnosticada em um paciente com Covid-19. Quando o paciente chegou ao hospital com todos os sintomas, apresentou ainda falha respiratória. Um exame posterior mostrou o priapismo (ereção involuntária e persistente).

No entanto, ao contrário do priapismo por algum tipo de dano ao membro, o do paciente foi causado pelo sangue ficar preso nos corpos cavernosos. Um bolsa de gelo foi colocada no orgão e, quatro horas depois, os médicos conseguiram sugar o sangue. No líquido, foram encontrados coágulos escuros, que, segundo os especialistas, foi causado pelo coronavírus.

Em seguida, os médicos injetaram drogas para normalizar o sistema nervoso e deram medicamentos para prevenir os coágulos. O paciente conseguiu se recuperar da Covid-19 e não teve mais priapismo, segundo o artigo da revista científica.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + treze =