Governador de São Paulo sobre vacina contra coronavírus: ‘Até junho do ano que vem começará a ser aplicada ’

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (22) que a vacina produzida pelo Instituto Butantan contra o novo coronavírus deverá ser disponibilizada para a população até os meses de maio e junho de 2021.

Segundo Doria, a vacina está sendo desenvolvida em parceria com um grande laboratório chinês. O governador ressaltou que o Instituto Butantan é o maior produtor de vacinas da América Latina e quarto maior do mundo. “Tem estrutura, tecnologia, profissionais capacitados”.

“Nós anunciamos na semana retrasada, o desenvolvimento da vacina, juntamente com um laboratório chinês. Esse laboratório é muito grande e conceituado. Tudo isso graças ao prestígio do Instituto Butantan e sua capacidade de produção de vacinas, que é o maior produtor de vacinas da América Latina, quarto maior produtor de vacinas do mundo. Tem estrutura, tecnologia, profissionais capacitados. Essa atitude do Butantan foi o que tirou o Brasil do fim da fila e vai colocar a vacina até junho do ano que vem em condições de ser aplicada em todo o Brasil. Se tudo ocorrer bem, até o final de maio e começo de junho do ano que vem, a vacina começará a ser aplicada em todos os brasileiros de forma gratuita”, disse em entrevista à rádio Metrópole.

Sobre a quarentena, o governador explicou que o Estado não fechou as fábricas e nem o setor de construção civil.  “Aqui em São Paulo, fizemos uma quarentena bem fundamentada, desde a primeira quarentena. Aqui nós não fechamos construção civil, por exemplo, que gera entre empregos diretos e indiretos, 750 mil, com um grande contingente de nordestinos. Todas as fábricas mantivemos abertas e os abastecimentos essenciais também. A partir desta quarta-feira, nós passamos a ter a posição de abertura de alguns shoppings em horários diferentes para não gerar aglomeração no transporte público”, disse.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =