“Soube pelo advogado dele”, diz Aparecida Petrowky sobre separação de Felipe Dylon

Separada há 20 dias de Felipe Dylon, crush da adolescência de uma geração de meninas, Aparecida Petrowky diz que ainda não assimilou o fim do casamento de seis anos com o cantor. “É um momento delicado. Soube da separação pelo advogado. A gente espera receber a notícia pela própria pessoa, afinal, me casei na igreja, não de qualquer maneira. Era o mínimo me comunicar pessoalmente”, desabafa a atriz, que ao falar do fim da relação ainda se emociona. "Me casei sonhando que seria para sempre. Está sendo muito difícil. Não tive mais notícias dele".

Junto desde 2011, o casal estava morando em casas separadas desde o ano passado. Na época, Felipe disse que havia voltado a viver com a mãe para poder economizar e investir na retomada da carreira, mas que logo o casal voltaria a ter o seu canto. “Nunca desejei morar em lugares separados, mas respeitei.

A única coisa que não tolerava era a intromissão da família dele. Isso foi minando”, revela Aparecida.

Dividindo apartamento com uma amiga em Ipanema, ela afirma que vivenciar emoções tão opostas — a alegria de voltar ao trabalho e a dor da separação — vem ajudando a seguir em frente. "Sou fisioterapeuta, nunca parei, dou aula de RPG, tenho clientes fixos, e estou superempenhada com um monólogo para o teatro e um novo filme”, conta ela, que em 2016 passou 8 meses na Argentina rodando 'Mangoré – por amor al arte', com o ator mexicano Damián Alcázar, que fez o Príncipe Caspian, de 'As Crônicas de Nárnia'.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

Veja também