Repórter e cinegrafista da TV Aratu são agredidos por mulher: mordidas e arranhões

A repórter Ticiane Bicelli e o cinegrafista Liberato Santana, da TV Aratu (SBT), foram agredidos na manhã desta sexta-feira (16) durante a produção de uma reportagem para o programa ‘Que Venha o Povo’, no bairro da Calçada, em Salvador.

Segundo a TV Aratu, a agressão foi provocada por uma mulher de identidade ainda desconhecida enquanto Ticiane gravava um vídeo sobre a cobrança no uso de banheiros no bairro, quando foi abordada pela mulher. Ticiane foi arranhada no pescoço e também foi mordida pela mulher.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba) afirmou que o equipamento utilizado pelo cinegrafista foi quebrado e os profissionais registraram queixa em delegacia.

"Essa agressão a integrantes da imprensa é um grave sintoma da violência que permeia a sociedade por atingir pessoas que são responsáveis por dar voz aos problemas desta mesma sociedade. O Sinjorba solicita o imprescindível apoio da Secretaria de Segurança Pública da Bahia para que a acusada seja identificada e julgada na forma da Lei", disse o sindicato, em nota.

O caso está sendo apurado pela 3ª Delegacia (Bonfim). 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − quinze =

Veja também