Gracyanne Barbosa será processada por quebra de contrato

Gracyanne Barbosa está na mira dos russos. A musa fitness foi contratada pela empresa TTFY (Take Time For Yourself) em setembro do ano passado para representar a marca no evento SN Pro Expo 2015, em Moscou. Para isso, ela recebeu US$ 15 mil, algo em torno de R$ 65 mil em valores da época. Só que a mulher de Belo não viajou e a empresa vai processá-la.

De acordo com o advogado e representante da empresa, Caio Baros Ferraz de Oliveira, na época, Gracyanne alegou que os atentados terroristas na França, em 13 de novembro de 2015, e a suposta bomba encontrada no aeroporto de Londres, além da explosão de um avião russo e sua consequente queda no Egito, a fariam desistir da viagem. De fato, Gracyanne chegou a postar em seu perfil no Instagram esta justificativa para não viajar.

Crédito: Instagram

Alguns dias depois, porém, Gracyanne mudou de ideia e disse que iria. No fim de novembro, mais um problema. A TTFY foi informada que a brasileira teria desistido novamente porque a prima, que iria acompanhá-la, tinha perdido o voo e ela não queria ir sozinha. A empresa prometeu a ela três seguranças, 24h por dia, para que não precisasse ir desacompanhada. Mesmo assim, segundo a TTFY, Gracyanne não compareceu ao evento como previa o contrato.

Desde então a empresa russa tenta reaver o dinheiro depositado. A situação se arrasta há quase um ano. Ainda segundo o advogado, Gracyanne quis devolver parte da quantia, alegando que havia gasto com as passagens. Como não houve acordo, a marca de roupas fitness resolveu processar Gracyanne. No evento, ela seria a garota-propaganda da grife russa, dando entrevistas e posando para fotos com fãs.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + quinze =