Paulo Afonso: Confira como foi a VII Edição do Projeto Palco Livre

E o Palco Livre retornou com toda a beleza musical e artística da nossa cidade! Qualidade foi o que sobrou na noite de ontem no Espaço Raso da Catarina.

Para iniciar, uma bela apresentação de dança e teatro do grupo Cênics coordenado por Adilson Santos e com o tema "Entre o amor e o Cangaço". Adilson é funcionário do Espaço Raso da Catarina e está há mais de 15 anos com atuação e formação de grupos de dança e teatro. Em sua apresentação, trouxe o xaxado e o amor ao sertão estampado em sua coreografia.

Crédito: Klycinha Nascimento

Após a apresentação, o palco ficou repleto de "alimento para a alma" com a música de Ropiário Junior, que em uma de suas falas deixou claro o banquete artístico que temos em Paulo Afonso e sua defesa para a música autoral. Ropiário tem uma enorme bagagem com músicas autorais e está em carreira internacional. Já lançou discos o exterior e está com viagem marcada para mais uma turnê internacional. A torcida pauloafonsina é que ele tenha cada vez mais sucesso nas suas andanças.

A performance musical dele no Palco foi de arrepiar, com músicas que tocam a alma e aquele vozeirão que arrancou muitos aplausos do público.

Crédito: Klycinha Nascimento

A presença de Romildo Alves foi de extrema importância também porque o palco foi mais um espaço onde ele pôde expor a riquíssima programação do Aldeia Mulungu, promovida pelo SESC Ler e que irá se estender até a próxima quarta-feira.  Romildo estava na correria dos bastidores do aldeia, mas deu um jeito de "escapar" das obrigações do SESC para nos presentear com sua participação no Palco. E além disso, trouxe os integrantes da banda Scambo para dar um recadinho no Palco falando da experiência de tocar na nossa cidade e também falar sobre a venda antecipada do próximo trabalho da banda.

Rubinho Lima trouxe toda a sua simpatia falando sobre a importância da circulação a manutenção da presença física dos livros na vida dos jovens (que segundo ele, são as pessoas de pouca ou muita idade – risos). No mundo da internet, eletrônicos e afins… os livros não podem ser esquecidos nas prateleiras. Isso está lindamente ilustrado em seu mais recente trabalho "Idades Urgentes". Um livro de contos belíssimo que aborda o tema de maneira bem singular.

Crédito: Klycinha Nascimento

E a noite não poderia ter sido encerrada de maneira tão grandiosa com a música de Allan K-Nôn e Odivan e Gildo Madeira. Um Show diferente, a começar pelo figurino do artista bem sheik misterioso que foi uma demonstração do que vem por aí em seu novo projeto que será uma banda com outros músicos aqui da cidade de Paulo Afonso. Allan tem um trabalho sólido e uma voz incomparavelmente vibrante. O repertório foge um pouco a mesmice e varia de samba, MPB, pop rock, uma mistura de ritmos elaborada de uma forma muito harmônica que fez todo o público levantar e aplaudir com muita vibração pedindo BIS.

Sem dúvidas, a qualidade desse Palco Livre vem crescendo a cada edição. Para os interessados em conhecer o trabalho dos participantes da 7ª edição do Palco Livre, acessem as redes sociais.

Ropiário Junior

Romildo Alves

Rubinho Lima

Banda Scambo

Allan K-nôn

Gildo Madeira

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 14 =