Nerso da Capitinga vive recluso em sítio após morte da mulher

Um dos personagens mais carismáticos do humor brasileiro parou de sorrir à toa nos últimos tempos. Pedro Bismarck, o intérprete do impagável caipira Nerso da Capitinga, da Escolhinha do Professor Raimundo e Zorra Total, vive atualmente o luto da mulher, Maria José, morta no último dia 18 de maio em decorrência de um infarto. A história foi confirmada por ele em entrevista recente ao jornal Extra. Confira.

Pedro Bismarck vive atualmente num sítio em Piau, cidade de três mil habitantes no interior de Minas Gerais, a cerca de 30 quilômetros de Juiz de Fora. Neste refúgio, o humorista disse que leva uma vida simples.

— A minha vida no sítio é tudo o que eu pedi a Deus. Aprendi a dar valor às mínimas coisas do dia a dia vivendo lá. Quando não estou viajando a trabalho e nem em reuniões com o meu escritório, o meu cotidiano é normal como o de qualquer outra pessoa. As vantagens é que no sítio eu pesco, cuido da terra, das plantas, dos bichos, eu leio, reúno a família, os amigos e tudo o que me dá mais prazer, com a calmaria do campo.

Crédito: Reprodução/TV Globo

Viúvo, Pedro lamentou a perda da mulher, com quem viveu por mais de 30 anos.

— Acho que superar a perda de alguém que se torna um só, contigo, é impossível. Você nunca mais se torna o mesmo. Foram 33 anos de um casamento cheio de cumplicidade e muito feliz.

Apesar da dor, Pedro procura não se abater, pois saberia que sua mulher não iria gostar nada disso.

— Recebi um dom de Deus, que foi o de trazer alegria para a vida das pessoas. E isso, consequentemente, me fez enxergar tudo com outros olhos. Não vou dizer que é fácil, mas estou seguindo com a minha missão, com a certeza de que ela (Maria) gostaria muito de que eu fizesse exatamente isso.

Crédito: Reprodução/TV Globo

Fora do ar desde 2013, o famoso Nerso contou o que tem feito profissionalmente.

— Na verdade, após a saída do Zorra Total fiz algumas participações em programas da Globo e alguns quadros como no Vídeo Show. Além disso, continuo com o trabalho que sempre fiz desde o início da minha carreira que é o de viajar pelo Brasil com os meus espetáculos. Estou fazendo o Nerso em 3D – 30 anos de riso, um show comemorativo dos meus 30 anos de carreira, em que reúno algumas piadas do início da minha trajetória, que foram consagradas, e outras tantas novas.

No sítio onde vive, o humorista tem a vida que muita gente pediu a Deus. Lá, ele pesca, cuida da terra, planta, cuida de animais e dos três filhos já adultos que tem: Thiago, Pedro Paulo e Carolina. O humorista não é só pai, é também avô de quatro netinhos

Pedro Bismarck disse que não pensa em largar o sítio por nada neste mundo.

Crédito: Reprodução

— Não penso de jeito nenhum (risos). Sabe aquela coisa que todos dizem buscar a vida toda? Aquela “tal felicidade”? Foi lá onde eu a encontrei. Mas ao contrário do que muitos pensam, eu não fico isolado do mundo. Como continuo trabalhando, e muito, o sítio é o meu canto, meu lar e meu refúgio. É para onde eu quero sempre voltar depois de uma viagem.

O humorista encerrou a entrevista falando sobre a possibilidade de voltar à TV.

— Acredito que não é uma questão de sentir falta. A TV é uma das maiores vitrines do artista, mas, só com ela, ele não é completo. De qualquer maneira, estar na TV é um fato que depende de outros inúmeros fatores. Não posso te dizer ao certo, mas, quem sabe um dia? O tempo tem passado cada vez mais rápido, e com 2016 não foi diferente. O ano já está acabando, mas esse Brasil é muito grande e nele existem muitas pessoas procurando mais alegria. Enquanto o show estiver novo e enquanto tiverem pessoas querendo sorrir, vamos viajar Brasil afora.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + três =