Ludmilla pede R$ 300 mil de indenização a Val Machiori por injúria racial durante entrevista

A cantora Ludmilla está levando em frente o processo que decidiu mover contra a empresária Val Marchiori por injúria racial. A socialite comparou o cabelo da carioca com um “bombril”, marca de esponja de aço, durante o carnaval de 2016, enquanto comentava o desfile das escolas de samba em uma emissora de TV. De acordo com o colunista Ancelmo Góes, a funkeira pede na 3ª Vara Cível da Ilha do Governador R$ 300 mil de indenizaçãosob a justificativa de injúria racial.

Nas redes sociais, Val negou que seja preconceituosa poucos dias depois de a confusão acontecer. “Realmente, não gostei de como estava o penteado e não do cabelo em si. Cada um tem o seu, a diferença é o modo como usa. (…) falei que não gostei do penteado escolhido! Que na verdade, nem era o cabelo dela, e sim uma peruca. E independente da cor da pessoa, do jeito da pessoa, ou da pessoa em si. Não gostei, achei que não ficou bom para o look e falei. Agora, pensar que isso possa representar algum tipo de inferioridade ou superioridade como algumas pessoas disseram, já é demais. A pessoa, seu caráter, sua vida, quem faz é ela própria e não seu cabelo ou peruca. Hello! Pensar dessa forma até me enoja! Não foi preconceito”, escreveu ela em seu Instagram.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dezesseis =