Luiza Brunet acusa o marido de agressão: ‘É doloroso ter de me expor’

Luiza Brunet, 54 anos, acusa o companheiro de cinco anos, o empresário Lírio Albino Parisotto de agressão. Segundo contou ao jornal O Globo, a agressão aconteceu na madrugada do dia 21 de maio, no apartamento dele, no Plaza Residence, em Nova York. A atriz relata que teve quatro costelas quebradas pelo empresário.

Segundo a publicação, a modelo voltou para o Brasil no dia seguinte e prestou queixa  no Ministério Público de São Paulo. Ela o acompanhava durante o evento Homem do Ano.

"Eu sempre tive uma família estruturada e sempre fui discreta em minha vida pessoal. É doloroso aos 54 anos ter que me expor dessa maneira. Mas eu criei coragem, perdi o medo e a vergonha por causa da situação que nós, mulheres, vivemos no Brasil", disse ao jornal.

Luiza Brunet e Lírio Albino Parisotto
(Foto: Reprodução/Instagram)

A agressão teria ocorrido depois que Lírio discutiu com amigos em um restaurante ao ser perguntado se o casal iria para uma exposição. O empresário teria se irritado e respondido que não iria.

Os dois voltaram para o apartamento e, segundo contou ao O Globo, Lírio a agrediu enquanto os dois conversavam sobre o comportamento do empresário durante o jantar com os amigos. Luiza disse que ele a xingou e deu um soco no olho, além de vários chutes.

Brunet teria conseguido se desvencilhar e se trancar no quarto, quando pediu ajuda a funcionários do apartamento.

"É um desrespeito em relação à gente. O que mais nos inibe é a vergonha. Há mulheres com necessidade de ficar ao lado do agressor por questões econômicas, porque está acostumada ou mesmo por achar que a relação vai melhorar", disse ao O Globo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − sete =