Sheron Menezes conta ter sofrido assédio aos 13 anos: “fui abordada por um tarado”

Durante uma conversa sobre preconceito e respeito às mulheres no 'Encontro com Fátima Bernardes' desta sexta-feira (03), Sheron Menezz relatou ter sofrido um assédio aos 13 anos. "Eu fui abordada por um tarado. Ele não chegou a tocar em mim. Mas você se reprime. Eu tenho que ouvir isso, baixar a cabeça e sair andando", disse a Bertoleza de 'Liberdade, liberdade'.

Ela também ressaltou o quanto se emociona com os desdobramentos da personagem na trama: "Bertoleza tem me deixado muito triste. Eu choro quando leio, quando gravo, quando assisto. É uma história que não acabou (…). Naquele momento que você está no lugar e você coloca aquela coisa (corrente) no seu pescoço, no seu pulso, é um desespero. Aquilo vem, é uma dor muito grande".

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 − três =