Luan Santana explica pedido de 50 cuecas e 90 chinelos em camarim

Depois de chamar atenção do público devido as exigências exóticas no camarim – 90 pares de chinelos, 201 toalhas brancas, 19 flautas e 48 repelentes – , o cantor Luan Santana explicou a polêmica durante um show em São Paulo.

"Não era pra mim, muito menos uma questão de vaidade. Tudo aquilo que eu pedi de exagerado é pra mandar para a caridade, são para doação. Queremos ajudar uma instituição chamada Casa do Zezinho. Eles sabem que podem contar comigo", disse ele ao 'Purepeopl.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 6 =