Armandinho ao lado dos pauloafonsinos Luciano Magno e Igor Gnomo comandou um dos melhores shows do Natal de Luz

Um espetáculo que marcou a história cultural de Paulo Afonso. O palco do Natal de Luz, na Praça das Mangueiras, recebeu nesta segunda-feira (28) Armandinho, 62, (mestre da guitarra 
baiana), e os pauloafonsinos Luciano Magno, 44, e Igor Gnomo, 22. “Foi uma experiência 
musical única”, comemorou um expectador. 
 
O show de abertura foi feito pelo guitarrista e compositor Igor Gnomo. O jovem talento de 
Paulo Afonso ganha cada vez mais destaque no cenário cultural da Bahia fazendo várias 
apresentações. “Há cinco anos atrás eu estava assistindo Armandinho se apresentar. E hoje 
poder dividir o palco com ele e Luciano Magno é muito bacana”, falou Gnomo sobre a alegria 
de participar do evento. 
 
Em seguida, foi a vez de outro grande músico, Luciano Magno. O pauloafonsino que vive em 
Recife (PE) construiu uma grande carreira na música instrumental. Seu trabalho por vezes é 
reconhecido no exterior, tendo, inclusive, encerrado por três anos seguidos o Festival de Jazz 
de Paris. No palco Luciano trouxe composições próprias, muito chorinho e frevo na terra que  
acolheu. “É sempre um prazer tocar na nossa terra natal”. O músico também elogiou a 
programação, “a Secretaria de Cultura e todos que colaboraram estão de parabéns por realizar um evento que convida as famílias”, comentou.
 
O grande momento da noite foi quando Armandinho, ao lado de Luciano Magno, subiu ao palco para tocar. Ao som da guitarra baiana, acompanhado por Luciano tocaram o Bolero de 
Ravel, o grande público presente apreciou cada momento deste que foi considerado um dos 
melhores shows da programação. 
 
Com sua animação e entusiasmo característicos Armadinho comandou o encontro de gerações no palco com Igor Gnomo e Luciano Magno tocando grandes sucessos da música brasileira, procurando a todo momento o público nos olhos. A apresentação teve momentos memoráveis quando Armandinho, acompanhado por Igor Gnomo, Luciano Magno e banda, desceu do palco e tocou no meio do público um sucesso ao estilo do Guitarrista Mexicano Carlos Santanna e  Something do ex-beatle George Harrison, além das  músicas “Chame Gente e Vassourinhas, hinos dos carnavais baiano e pernambucano, encerrando de forma impecável a apresentação. 
 
“É sempre gostoso vir a um lugar onde tem uma expectativa muito boa com sua música”, 
 
declarou com grande satisfação Armandinho.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 11 =

Veja também