Connect with us

Esportes

McKennie da Juventus enfrenta racismo após vitória contra Lazio

Juventus vence Lazio por 2-0, mas vitória é ofuscada por ofensas racistas contra McKennie. Clube promete ação.

Avatar De Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Racismo

Em uma exibição dominante em casa, a Juventus garantiu uma vitória por 2 a 0 contra a Lazio, avançando rumo à final da Copa Itália. O confronto, ocorrido na última terça-feira, acabou ofuscado por um episódio lamentável de racismo. Weston McKennie, meio-campista da Juventus, foi vítima de ofensas racistas vindas da torcida adversária durante o embate.

Os ataques direcionados a McKennie, de 25 anos, foram captados em vídeos que se espalharam pelas redes sociais, retratando uma realidade ainda presente no futebol. Em resposta, a Juventus pronunciou-se sobre o ocorrido, reiterando uma posição de zero tolerância a qualquer forma de discriminação.

Apesar do incidente, McKennie destacou-se em campo, contribuindo com uma assistência decisiva para o gol de Vlahovic, o segundo da partida. O episódio que manchou sua atuação veio mais tarde, quando, ao ser substituído devido a uma lesão no ombro, sofreu as ofensas raciais.

O clube de Turim não demorou a agir, prometendo usar o sistema de vigilância do estádio para identificar e responsabilizar os envolvidos nas ofensas. A Juventus enfrentará a Lazio novamente no dia 23 de abril, desta vez no estádio Olímpico de Roma, para o jogo de volta das semifinais.

Este incidente é parte de um problema maior no futebol italiano, marcado por episódios de racismo. Recentemente, Juan Jesus, jogador do Napoli, também foi alvo de ofensas racistas em um jogo contra a Inter de Milão. Embora o jogador da Inter, Acerbi, tenha sido acusado, acabou absolvido pela justiça desportiva italiana por falta de provas.

A Juventus afirmou estar completamente engajada na investigação do incidente, mostrando disposição para trabalhar com as autoridades no sentido de punir os culpados e lutar contra o racismo no esporte.

Mais Lidas