Connect with us

Esportes

Henry Tererê promessa do Jiu-Jitsu em Salvador mira título brasileiro

Jovem atleta, Henry Maxi, de 10 anos, acumula 16 títulos em jiu-jitsu e mira no desafiador Campeonato Brasileiro em São Paulo.

Avatar De Portal Chicosabetudo

Publicado

em

O domingo em Salvador foi cenário para a etapa do Bad Boy Internacional de Jiu-Jitsu, que viu a apresentação impressionante de Henry Maxi Vilas Boas, conhecido no tatame como Henry Tererê. Com apenas dez anos e estudante do 5° ano na Escola Municipal Ivone Vieira Lima, em Plataforma, Henry já acumula 16 títulos em apenas dois anos de carreira no jiu-jitsu.

Entre suas conquistas, destacam-se o título de campeão Norte/Nordeste em 2021, bicampeão baiano em 2022/2020, campeão da Copa do Brasil 2022 e vice-campeão mundial nos anos de 2021 e 2022. O recente Campeonato Bahia BJJ Pro, também em Salvador, adicionou mais uma vitória à sua série no dia 17 de março.

O foco de Henry agora se volta para o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, programado para acontecer em São Paulo, nos dias 23 e 24 de junho. Treinando três vezes por semana, ele está se preparando para enfrentar o que considera o desafio mais importante de sua promissora carreira, competindo na categoria de 10/11 anos e com peso até 37 quilos.

“Estou vivendo meu sonho. Eu amo o jiu-jitsu. Pretendo ganhar muitos títulos para um dia ser treinador. Eu e meu irmão Jordan, de dois anos, brincamos muito de luta, e quero ensiná-lo quando crescer”, compartilhou Henry, evidenciando sua paixão pelo esporte.

Além do talento no tatame, Henry é um aluno dedicado e recebe apoio total da família. “Nunca imaginamos ter um filho atleta. Colocamos ele no jiu-jitsu para ocupar a mente e aprender a se defender, mas ele nos surpreendeu”, expressou Sisleusa Vilas Boas, mãe do jovem lutador. O pai, Jusseni Silva Costa, também destacou os benefícios que o esporte trouxe para o filho, incluindo o fortalecimento dos laços familiares.

O treinador de Henry, Matheus Torquato, da Escola de Luta Matheus Torquato, reconhece o potencial do jovem atleta. “Henry é muito talentoso e determinado. Com o apoio da família e da nossa escola, que promove a inclusão social através do esporte, ele tem tudo para brilhar no cenário nacional e internacional do jiu-jitsu”, concluiu Torquato.

Enquanto Henry se prepara para o Campeonato Brasileiro, fica claro que seu talento, disciplina e paixão pelo esporte já o estabelecem como uma promessa no mundo do jiu-jitsu.

Mais Lidas