Connect with us

Esportes

Ex-jogador do Bahia relata ter sido expulso de restaurante e acusa dono de racismo: ‘humilhado’

Treinador Dyego Coelho e família são expulsos de estabelecimento em Caraíva. Restaurante explica caso.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Ex-Jogador Do Bahia Relata Ter Sido Expulso De Restaurante E Acusa Dono De Racismo: ‘Humilhado’
Imagem: Reprodução/MeuTimão

O ex-lateral direito Dyego Coelho, com uma carreira marcante no Bahia e ídolo do Corinthians, foi protagonista de um caso em Caraíva, região litorânea de Porto Seguro. O ex-jogador, que atualmente atua como treinador, relatou ter sido expulso de um restaurante local, identificado como Mangue, na noite de sábado (13).

De acordo com uma publicação em seu perfil oficial no Instagram, Coelho narrou o episódio, afirmando ter sido retirado do estabelecimento junto com sua ex-esposa, Mariana Rossetti, mãe de suas três filhas. O ex-jogador expressou confusão e descontentamento com o ocorrido, mencionando a possibilidade de motivações racistas para a expulsão.

O responsável pelo restaurante Mangue respondeu aos comentários de Coelho na mesma rede social, negando que a expulsão tivesse relação com questões raciais. A versão do estabelecimento sugere que a retirada foi motivada por um comportamento agressivo de Coelho em relação à sua acompanhante.

Em contrapartida, Mariana Rossetti refutou as alegações do restaurante, defendendo o comportamento do ex-jogador. Coelho reiterou sua posição, negando atitudes desrespeitosas e reforçando seu compromisso contra o racismo. Confira o pronunciamento:

Ex-Jogador Do Bahia Relata Ter Sido Expulso De Restaurante E Acusa Dono De Racismo: ‘Humilhado’
Imagem: Bnews

ANÚNCIO

Mais Lidas