Connect with us

Esportes

Como o clima afeta as apostas esportivas

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Ao analisar um evento esportivo antes de fazer uma aposta, uma grande quantidade de informações precisa ser processada, mas, além dos fatores puramente esportivos, outros aspectos que afetam o jogo precisam ser levados em consideração. Entre eles estão as condições climáticas, que podem ter um impacto significativo no resultado de esportes ao ar livre. Conhecer a correlação entre o clima e o jogo de uma determinada equipe ou atleta, o curso da partida, permite fazer previsões melhores e obter um lucro maior com as apostas nas casas de apostas.

Preste muita atenção ao clima ao apostar em futebol na casa de apostas GG.BET. Além das apostas esportivas, há também o GGBET Cassino para sua diversão.

O impacto das temperaturas abaixo de zero

Quase todos os times de futebol de alto nível da Europa têm jogadores da América Latina. Eles trazem variedade e criatividade ao jogo, mas nem sempre conseguem demonstrar suas melhores qualidades quando enfrentam as condições climáticas europeias, principalmente a geada.

Esse fator deve ser levado em conta, por exemplo, ao analisar uma partida entre um time de ponta com muitos brasileiros e um time mediano com atletas locais acostumados ao clima. Nessas circunstâncias, não é incomum ver as qualidades de luta se tornarem primordiais, e o azarão conseguir surpreender o favorito listado.

O calor atrapalha o futebol?

No continente europeu, as altas temperaturas não têm nenhum impacto sério sobre o jogo dos milhões. Em primeiro lugar, até o momento, o calor insuportável não acontece aqui com muita frequência e, em segundo lugar, o pico do verão ocorre durante a baixa temporada do futebol.

Mas em torneios realizados em outras partes do planeta, temperaturas anormalmente altas podem ter um impacto significativo sobre o jogo. Por exemplo, durante a Copa do Mundo de 1994, que foi realizada nos Estados Unidos, vários jogadores enfatizaram como é difícil jogar no calor, como é difícil passar pelo período de aclimatação.

A final da Copa do Mundo foi realizada em Pasadena, Califórnia, e durante o dia, por insistência da equipe de televisão. O calor era insano, por isso é bastante natural que as equipes tenham terminado o tempo regulamentar e a prorrogação empatadas. Tudo foi decidido por uma série de cobranças de pênaltis, durante as quais Roberto Baggio, conhecido como um mestre dos chutes de 11 metros, não conseguiu acertar a trave. É claro que podemos atribuir isso à empolgação associada à importância da final, mas o calor deve ter dado sua contribuição. Essas nuances certamente devem ser levadas em conta ao analisar a próxima partida.

Precipitação e qualidade do gramado

Os principais times de futebol estão repletos de jogadores técnicos que precisam de um campo ideal para mostrar seu potencial. Chuvas fortes no dia do jogo podem reduzir seriamente a qualidade do gramado, e não é a técnica e a velocidade que serão destacadas, mas a habilidade e o desejo de lutar por cada bola. Portanto, em tais condições, as grandes chances de sucesso aparecem para os azarões, famosos por seu caráter combativo.

Outro motivo para a deterioração da qualidade do campo é a forte nevasca com geada. Um gramado congelado e coberto de neve não apenas impede a demonstração de um jogo de alto nível, mas também representa um perigo para os jogadores, pois se transforma em uma verdadeira pista de gelo. Muitos atletas começam a pensar mais em sua própria saúde do que no jogo.

A neve e a chuva afetam a velocidade da bola, reduzindo-a significativamente. Quando se joga durante uma chuva forte, o campo geralmente fica com muitos solavancos, o que complica a corrida dos jogadores e pode fazer ajustes inesperados na trajetória da bola. O risco de gols acidentais aumenta, embora o total seja geralmente baixo.

Continuar lendo

ANÚNCIO

Mais Lidas