Connect with us

Entretenimento

Paulo Afonso: confira como foi a passagem do Palco Giratório do SESC na cidade

Avatar De Chicosabetudo

Publicado

em

De uma coisa não posso reclamar, oras: o caminho profissional que resolvi seguir me permite trabalhar e me divertir um pouquinho ao mesmo tempo. Não é uma delícia isso? Dia 24, durante a última etapa do projeto Palco Giratório em Paulo Afonso (BA), foi mais um desses dias em que o job rendeu puro deleite com a arte.
 
Estive no Salão Paroquial da Igreja São Francisco para fazer o registro fotográfico de mais uma apresentação da Nu Escuro, companhia de teatro de Goiânia (GO) que ficou em cartaz durante dois dias aqui na Ilha. E fiquei eu a imaginar depois o quanto essa galera não se diverte também trabalhando, né!?… Pelo menos o entrosamento do elenco no palco deixou isso evidente.
 
{relacionadas} Se para o público foi super divertido acompanhar as encenações dos espetáculos "O Cabra que Matou as Cabras" e "Plural", então, imagina eles, hein!?… que viajam esse Brasilzão todo para multiplicar alegria através dessa iniciativa maravilhosa do SESC, que permitindo a descentralização das artes cênicas. Bom demais, gente!
 
Salvo engano, foi a primeira vez que tive contato com um grupo artístico de Goiás. Adorei ouvir o sotaque, ver novos rostinhos e, principalmente, o jeito goiano de fazer teatro. Senti uma peculiaridade que me deixou doido pra continuar fuçando mais e mais a cultura desse estado. Encantado com as cores, gingado, com a música, o capricho no figurino, com a engenhosidade dos cenários…
 
Mas, poxa, uma pena que foi a última apresentação teatral desta temporada do projeto pra essas bandas de cá. Quem aguenta ficar até 2016 esperando por novas companhias circulando por aqui, gente? O bom é que as atividades do SESC Ler não param, e até o final deste ano ainda teremos mais coisinhas pra curtir. Fica de olho aqui no blog para não perder as novidades, hein!??

Mais Lidas