Connect with us

Curiosidades e Tecnologia

Países europeus apoiam tributação dos super-ricos, revela secretário-executivo do Ministério da Fazenda

Dario Durigan anuncia apoio europeu à proposta brasileira de tributar os super-ricos no G20, visando equidade fiscal global.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Reprodução/ Redes sociais

Em recente movimento no cenário global, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan, revelou que a proposta brasileira de tributar os super-ricos, apresentada ao G20, já recebe apoio de alguns países europeus. A iniciativa, debatida durante a 1ª Reunião de Ministros de Finanças e Presidentes de Bancos Centrais da Trilha de Finanças do G20 realizada no Brasil, propõe uma colaboração internacional para a implementação de impostos sobre grandes fortunas.

Durante o evento, que ocorreu no Pavilhão da Bienal em São Paulo, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, defendeu a união global em favor da justiça fiscal, sugerindo que bilionários ao redor do mundo contribuam de forma mais significativa com seus impostos. A ideia é avançar as negociações que estão em curso na OCDE e na ONU, considerando a tributação mínima global sobre a riqueza como um novo pilar para a cooperação tributária internacional.

Durigan apontou que a proposta busca não apenas eliminar privilégios e corrigir distorções econômicas, mas também fomentar uma coordenação mundial diante dos desafios atuais, incluindo questões de desigualdade e a necessidade de uma transformação ecológica. O momento, marcado por tensões geopolíticas, é visto como uma oportunidade única para o Brasil liderar a discussão sobre reformas econômicas globais que refletem as urgências contemporâneas.

Mais Lidas