Connect with us

Curiosidades e Tecnologia

Entenda os benefícios do ASMR, fenômeno de relaxamento na internet

Descubra o fenômeno ASMR, a tendência de relaxamento que conquistou a internet e promete aliviar o estresse e a insônia!

Avatar De Curiosidades E Tecnologia

Publicado

em

Asmr

ASMR, ou Autonomous Sensory Meridian Response (Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano, em português), virou febre nas redes sociais e conquistou milhões de seguidores, identificando tendência emergente. Refere-se à sensação relaxante, frequentemente descrita como um “formigamento” na parte de trás da cabeça e da coluna, desencadeada por estímulos visuais e sonoros específicos.

Ganhou popularidade na internet por meio de vídeos que visam trigger essas sensações, que vão desde sussurros, batidas, a unhas batendo suavemente em uma superfície. Outros estímulos incluem dobrar toalhas ou folhear uma revista. As postagens são procuradas por quem busca alívio do stress, descontração ou ajuda para adormecer.

No Instagram, a hashtag #asmr acumulou mais de 16 milhões de postagens, caracterizando o formato como uma tendência notável em 2018. Na mesma sequência, vídeos com estímulos visuais e auditórios são promovidos com o intuito de proporcionar um ambiente acolhedor e relaxante.

Ainda que pareça um termo científico, ASMR foi concebido em 2010 por Jennifer Allen, fundadora de uma comunidade no Facebook focada em entender melhor esses estímulos. Desde então, o conteúdo produzido no gênero continuou a crescer.

Entretanto, um parecer conclusivo sobre a efetividade dos vídeos e das sensações geradas por tais estímulos ainda é escasso na ciência. A experiência pode variar muito de pessoa para pessoa, sendo que algumas não sentem nenhum estímulo e outras precisam de um gatilho específico para sentir essas sensações.

Apesar da falta de estudos, alguns indivíduos com diagnósticos clínicos de distúrbios relataram que esses vídeos são úteis para aliviar a insônia, a ansiedade, os distúrbios de pânico e até a depressão. Em perspectiva, o Dr. Carl Bazil, especialista em distúrbios do sono da Universidade de Columbia, afirmou que conteúdos ASMR podem oferecer novas formas de “desligar” o cérebro.

Os interessados em experimentar ASMR podem encontrar uma vasta gama de conteúdos produzidos por ASMRtists em plataformas audiovisuais da internet como YouTube e Instagram, bem como em playlists no Spotify. Além disso, é importante notar que os sons que podem ser um gatilho para ASMR são diversos, incluindo risos, sussurros, sons monótonos, e até mesmo sons de aviões ou aspiradores de pó.

Vale a pena observar que, embora o ASMR tenha ajudado muitas pessoas a relaxar e lidar com distúrbios, ainda é necessária mais pesquisa para uma melhor compreensão do fenômeno.

Continuar lendo

ANÚNCIO

Mais Lidas