Connect with us

Curiosidades e Tecnologia

Comparativo revela melhores filtros de linha para 6 dispositivos

Filtros de linha para 6 dispositivos a partir de R$38! Veja os melhores custo-benefício e proteja seus eletrônicos.

Avatar De Curiosidades E Tecnologia

Publicado

em

Filtro De Linha

Filtros de linha com seis tomadas são acessórios valiosos para a conexão de múltiplos aparelhos eletrônicos simultaneamente, oferecendo ainda proteção contra surtos de tensão. Esses equipamentos possuem uma chave disjuntora, que previne curtos-circuitos durante picos de tensão. Com várias opções disponíveis no mercado brasileiro, a Intelbras, Coibeu e Elgin disponibilizam modelos com preços que iniciam em R$ 38.

O Megatron 114483, por exemplo, é uma opção acessível com preço de R$ 38 no Mercado Livre. Possui potência máxima de 2.200 W, cabo de três metros e se apresenta como uma opção adequada para diversos tipos de aparelhos, incluindo televisores, notebooks, consoles de videogames e roteadores. Enquanto isso, o Multicraft PLPS6TVO com voltímetro digital, corrente máxima de 10 A e tensão bivolt, pode ser adquirido por R$ 59 no varejo online.

Outras opções competitivas incluem o ELGIN FL306 de R$ 38, com fusível de proteção, chave disjuntora e corrente máxima de 10 A. Há também o Intelbras EPE 1006, disponível no Mercado Livre por R$ 44, que possui chave disjuntora com iluminação em LED, dupla proteção contra sobrecargas e tomadas adaptáveis para plugues em 90º.

O Coibeu WKC-614 tem um custo inicial de R$ 55 e oferece quatro entradas USB, além das seis tomadas convencionais. Já o Multicraft ‎PLPS6TVO que custa R$ 59, vem equipado com voltímetro digital e trabalha com potências variáveis de acordo com a tensão. Finalmente, o PW PW-412 é comercializado pelo valor inicial de R$ 69 e oferece além das seis tomadas convencionais, duas portas USB para carregamento de smartphones..

Os preços e a disponibilidade dos produtos estão sujeitos a variações e ao estoque dos vendedores. Os valores citados são referentes ao mês de janeiro de 2024. Vale lembrar que o uso desses equipamentos é uma medida preventiva e não substitui sistemas de proteção mais robustos e dedicados, especialmente para equipamentos de alto valor ou sensibilidade.

Continuar lendo

ANÚNCIO

Mais Lidas