Jimme França/Arquivo Pessoal Jimme França diz que aprendeu a maquiar a esposa Danielly Narew

Um tatuador de Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia, viralizou nas redes sociais após ele postar um vídeo maquiando a esposa, que ficou tetraplégica depois da retirada de um tumor provocado por um câncer. Ao seu modo, Jimme França, de 34 anos, faz questão de embelezar a esposa, Danielly Narew de Lima, de 24, que sempre foi muito vaidosa.

Por causa da doença, a jovem perdeu os movimentos e a fala e só respira com a ajuda de aparelhos. Em seu perfil nas redes sociais, o tatuador mostra o dia a dia com a esposa e as duas filhas do casal. Somente a postagem do vídeo de maquiagem já tem mais de 28 mil visualizações.

“É isso que eu quero mostrar. Nosso amor. Nosso dia a dia. Aí faço postagens. A ideia da maquiagem é porque ela sempre foi muito vaidosa e particularmente me dói muito vê-la sem fazer as coisas que ela ama”, disse Jimme.

“Ela tinha um sonho de fazer vídeos se automaquiando, mas nunca teve coragem, imagino, porque sempre foi muito discreta, tímida”, completou.

Ao lado das filhas pequenas do casal, Maria Luiza, de 5 anos, e Maria Eduarda, de 3, o tatuador tem se dedicado 24 horas por dia ao tratamento da esposa. Segundo ele, a rotina é puxada, mas tenta fazer do ambiente familiar algo mais leve não só para as crianças, mas para a recuperação da própria esposa, com quem já está há oito anos.

Ao publicar o vídeo maquiando a esposa, ele postou um texto onde fala da sua missão.

“Cuidar, cuidar e cuidar... o que Deus me deu como ‘missão’, na verdade é um privilégio... Como é bom cuidar das minhas mulheres, do meu jeito ogro de ser, vou dando o que tenho e o que tenho aprendido, obrigado por deixar desde sempre que eu cuidasse de todos os detalhes para que tudo fosse/é perfeito!”, escreveu.

A postagem foi feita no início do mês passado, quando Danielly ainda estava internada no Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer). Na ocasião, o tatuador torcia para que a mulher pudesse voltar para casa após dez meses internada. E o desejo dele foi realizado ainda no fim do mês de julho.

A história deles depois desse vídeo "bombou” na internet. Jimme conta que seu perfil como tatuador tinha 18 mil seguidores e agora está com 45 mil.

“Todos os dias desde esse de 8 de julho aparecem de 1k (mil) a 2k por dia. E as pessoas vão compartilhando. A ideia da minha rede social é também aumentar o alcance dela e conseguirmos cada vez mais um tratamento adequado para Dani. Que seja tratamento experimental ou equipamentos, que ajudem ela voltar a respirar”, explica.