Thais Carla usou o Instagram Stories na terça-feira (27) para contar que tomou medidas legais contra uma nutricionista que fez posts considerados gordofóbicos usando suas imagens.

A bailarina é conhecida por ter feito parte dos dançarinos de Anitta, é militante pelo corpo gordo e tem mais de 650 mil seguidores na rede social em questão.

“Teve uma nutricionista que fez uma divulgação de um vídeo meu e falou um monte de m… minha, fez Stories e ainda por cima me marcou. Eu fiquei quieta e respirei fundo. Ela escreveu que eu faço um desserviço para a população. Me desmereceu, foi gordofóbica e preconceituosa em todos os sentidos”, relatou Thais Carla.

“Ah, eu estou muito feliz porque a justiça já foi feita. Ela já recebeu os papéis pedindo para retirar fotos e tudo meu que ela postou”, continuou.

Na sequência, ela explicou os motivos de expor o caso. “Eu estou querendo falar essas coisas porque eu sei que muita gente sofre, porque não é a primeira nutricionista que faz isso”, garantiu. “Tem um monte, mas essa foi mais específica e muito agressiva nas coisas que fala”, acrescentou.

Thais também citou que sentiu que seu trabalho estava sendo diminuído pela nutricionista, que não teve o nome citado.

“E ainda por cima fica falando que faço um desserviço para as pessoas. É desfazer muito do meu trabalho. Eu não ‘meto o bedelho’ no trabalho de ninguém, não falo nada. Cada um tem uma vida para viver e a sua, e a gente não pode desmerecer ninguém”, continuou.

A bailarina ainda disse acreditar que o caso pode servir de exemplo para outras pessoas que se sintam injustiçadas nas redes sociais, pois, conforme ela lembrou, há consequências na vida real.

“E eu estou aqui falando sobre isso, gente, porque eu espero que eu inspire as pessoas a não ficarem caladas. Não pode ficar calado, porque internet não é mundo de ninguém. Você falou? Vai ter suas responsabilidades no final. Pegue tudo e fale com advogado, porque tudo na vida tem consequências”, completou.