publicidade
Bahia, sábado, 26 de julho de 2014 dolar comercial do dia R$ 2,229 31° 18°
Concurso: 161905 - 08 - 17 - 42 - 46 - 47Sorteio: 23/07
Visualizações

Cinco assaltantes presos em Arapiraca, acusados de participar da tentativa de assalto em Jupi –PE -Fotos

Cinco bandidos foram presos na manhã desta sexta-feira (03) em uma residência no bairro Boa Vista, na cidade de Arapiraca, Agreste de Alagoas. Os presos são acusados de integrarem uma quadrilha de assaltantes de bancos.

As prisões foram realizadas por equipes da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), para onde todos foram levados.

Os policiais também conseguiram apreender armas, uma moto Honda Biz, cor prata, uma XRE 300cc NMN 1884 (Arapiraca/AL) e uma CB 600 Hornet da Honda, placa DWW 6232 (Arapiraca/AL), cerca de R$ 1 mil em espécie e jóias. Parte do que foi apreendido estava escondido atrás do forro de gelo.

Durante uma entrevista coletiva a delegada Maria Angelita, da Seção Especial de Combate a Roubo a Bancos, revelou que os presos foram: Cícero Pedro da Silva, 36; Silvio Farias de Lima, 35; Jailson Ferreira de Araujo, 26, que é foragido da Justiça do Paraná; Williams José Souza Santos, 24 e Carlos Henrique de Lima Silva, 22, o “Batata” acusado de ter assassinado, junto com dois irmãos, um cabo da Polícia Militar de Alagoas na cidade alagoana de Monteirópolis, no ano de 2010.

A vítima, Josival Oliveira da Silva estava junto com uma sobrinha de sua esposa, Jéssica Andrade, de 12 anos, que também foi ferida a bala e morreu. O militar dirigia um veículo oficial descaracterizado. “Batata” teve o pai morto pelo pm durante uma briga em um bar em Arapiraca.

Todos os presos, conforme a delegada, integram a quadrilha que na última quarta-feira (1º), durante uma tentativa de roubar um caixa eletrônico instalado em um mercadinho no Centro da cidade de Jupi, no Agreste de Pernambuco, trocaram tiros com policiais militares.

No confronto foram mortos o policial militar Márcio Tadeu de Lima, 32 e os assaltantes José Márcio de Lima, 29 e Luciano da Rocha Lima, 25. Márcio era operador de máquinas e não tinha antecedentes criminais, já Luciano era ex-presidiário e era suspeito de assaltos na região. Em sua ficha criminal consta que ele havia sido preso três vezes acusado de roubos. Os dois residiam em Arapiraca.

Na fuga dois foram presos. Deivid de Santos da Silva, 29, residente no bairro Planalto, em Arapiraca e José Gidival Gomes, 22, o “Roberval”, residente no bairro Novo, em Delmiro Gouveia, Sertão de Alagoas. Foram eles que relataram onde estava parte da quadrilha.

A Polícia alagoana informou que os bandidos são os responsáveis pelos últimos sequestros de gerentes de agências bancárias no Estado, onde algumas das vítimas foram ameaçadas com “cinturões de dinamites” colocados no corpo. O mesmo bando também é acusado de um assalto a uma joalheria em Arapiraca e de ter invadido a residência na mãe do prefeito do município alagoano de Pão de Acúcar, de onde levaram um cofre.

Na entrevista coletiva, nenhum dos presos confessou as acusações.

Fotos:

Fonte e fotos: emergencia190.com.br

3 comentários

  1. BATATA VAGABUNDO, HOMICIDA(MATOU DOIS POLICIAIS), TRAFICANTE, LADRÃO DE CARGA, LADRÃO DE BANCO E QND A POLICIA SENTA A DESGRASÇA NESSAS PORRA APAREÇE MILHÕES DE DEFENSORES, ESSE BRASIL É MSM UMA VERGONHA!!!

  2. Prender pra que? Esses vermes merecem o inferno. Lembrem-se que bandido é igual a porco, isto é não tem alma. “Quem atira ou mata Polícia tem que morrer mesmo”.

  3. Parabéns a policia alagoana,quem sabe na Bahia um dia se leva a sério as investigações e se chega a uma vitória dessa como em Arapiraca.Acorda SRS.Delegados.Ninguém aguenta mais o descaso com a segurança pública.