publicidade
Bahia, quinta-feira, 31 de julho de 2014 dolar comercial do dia R$ 2,270 28° 18°
Concurso: 162110 - 22 - 24 - 38 - 39 - 49Sorteio: 30/07
Visualizações

Após confusão no Ba-Vi, torcida organizada do Bahia é suspensa

A Bamor, organizada do Bahia, ficará dois jogos sem comparecer ao estádio de Pituaçu. Por infração no último clássico Ba-Vi, a torcida acabou suspensa, além de receber multa de R$ 2 mil, que deverá ser paga em forma de brinquedos e alimentos ao Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil (NACCI), até o dia 5 de agosto.
Em reunião nesta última quarta-feira, dia 21 de março, representantes do Ministério Público, Polícia Militar e da própria diretoria da torcida decidiram pela punição. A Bamor foi acusada de descumprir o Termo de Ajuste de Conduta, assinado em janeiro do ano passado.
“Eles não cumpriram o acordo de contratarem dez ônibus para facilitar a escolta policial, além de terem apedrejado um ônibus no caminho até o estádio”, aponta o major Henrique Melo, comandante do Batalhão Especializado de Policiamento em Eventos (BEPE), em matéria publicada no jornal A Tarde.
Ainda segundo o major Melo, uma reunião entre MP, PM e a Federação Baiana de Futebol acontecerá nesta quinta-feira para discutir a possibilidade de clássicos com torcida única no estádio.
No clássico em questão, o Vitória bateu o Tricolor por 3 a 2 e os torcedores do Leão, da organizada Os Imbatíveis, não foram punidos, já que os órgãos públicos entenderam que  não houve participação deles nos episódios de violência. A Bamor não poderá acompanhar o Bahia nas partidas diante do Itabuna, no próximo domingo, dia 25, e contra o Serrano, no dia 1º de abril.
Fonte: EsporteUOL